Tor Rafael Raael

Tor Rafael Raael (1963, em Drammen, Noruega) vive na pequena cidade de Sande no sudeste da Noruega. Tor é em grande parte autodidata. No últimos anos, ele desenvolveu uma técnica que combina pintura e manipulação digital. Aqui estão alguns dos melhores de Tor (acreditamos) pinturas, clique para ver versões grandes em uma nova janela.

English text Norwegian text Swedish text Spanish text Portuguese text Bulgarian text Greek text Indonesian text Chinese text Translate to your language?

The Road Home 02 Winter Night Absurd dialogue 01
Mask mirror Gode råd 01
Dream Journey Flower Angel Dialogue 03
Hypnotic meeting Round Landscape 02 Small bird released
Poison mushroom
The Journey starts Toilet Penguins Tree buildings
Nattflygere Fugl over by
Landskapsmaler Barnet psykler 02 Vanskelige valg
Marihøneøya Dialog 02 Badekarpingviner 02
Kveldsflygere
Fuglefjellet
Familie Dype samtaler
Utskudd Søvngjenger
Velsignet hus Oppvekst
Skyggevokter
Tynt landskap 01
Stramme strenger Stor kriger Kjærlighetsbåten
Ensom forestilling


Several of the motives can be bought as giclee-prints at the Fineart.no net auction.

If you don't mind some Norwegian language, you can follow Tor on facebook.

Contact: h@spredet.no

O CAMINHO PARA CASA 02
Turbulência! Porquê? O que é que nós procuramos?
Onde é que vamos? Estamos em mudança.
Nunca um dia sossegado. É esta a minha paisagem? São estas as minhas cores?
Não importa muito. Estás sempre no caminho de casa.

MÁSCARA DE ESPELHO
Estamos perante o espelho com o nosso próprio ego.
Tentando ver-nos a nós próprios.
Procurando força, mas também erros e imperfeições.
Muitos descobriram que é inútil,
pois é apenas a nossa máscara que olha para nós, a partir do espelho.

NOITE DE INVERNO
A vida muda rapidamente
Pensamos que todos podem ver a nossa noite de inverno, mas lá fora está sol e calor
O grande pássaro não vê tudo.
Temos que viver através da nossa própria noite de inverno.

DIÁLOGO ABSURDO
Duas criaturas de diferentes mundos.
Duas linguagens, dois corpos.
Quando o vejo é um diálogo absurdo
mas os frutos são doces e novos.
Ninguém sabe.

BOM CONSELHO 02
Quando dois seres se encontram e trocam experiências
é difícil de ver quem é o professor e quem é o estudante.
Um pequeno comentário de um ainda mais pequeno ser
pode provar que tem um tremendo valor.

JORNADA DE SONHO
O capacete está colocado.
Sento-me de forma segura no meu veículo.
As rodas estão seguras no chão.
Seguro o volante entre as mãos.
Estou pronto para a jornada nocturna.

ANJO DAS FLORES
Uma alma virgem.
Tão limpa e nova.
Paira sobre as flores na floresta azul.
Tu és um anjo florido.

DIÁLOGO 03
Tu és pequeno. Eu sou grande.
Tu vives no ar. Eu estou no chão.
Tu comes néctar. Eu sou carnívoro.
Somos felizes juntos porque somos diferentes. Não porque somos iguais.

ENCONTRO HIPNÓTICO
Tu pareces pequeno e irrelevante.
O encontro é surpreendente, subitamente estás em frente a mim.
Eu páro repentinamente,
torna-se um encontro hipnótico.

PAISAGEM CIRCULAR 03
A casa não pode escolher. Tem que ficar fixa no seu lugar.
Sempre cercada pela paisagem circular. Nascimento e morte.
A cruel língua de fogo, mas também as asas do anjo.
Assim é a vida na paisagem circular.

PEQUENO PÁSSARO LIBERTADO
viveste comigo por muito tempo.
As fronteiras entre nós tornaram-se pouco claras.
Para seres tu mesmo
tenho que me atrever a libertar-te.

COGUMELO VENENOSO
Nós vemos-te.
do outro lado da vedação.
És livre agora, aí fora por tua conta.
Livre para comer cogumelos venenosos.

A JORNADA COMEÇA
Sê forte. Constrói o teu barco no topo de uma montanha. Olha para baixo, para a cidade.
E quando o momento chegar, zarpa e deixa a vida quotidiana para trás.
A aventura nunca começará se não construíres o teu barco
no topo da tua montanha.

PINGUINS DA CASA DE BANHO
Encontrámos o nosso paraíso.
Aqui tomamos banho e vemos o pôr-do-sol juntos.
Pode não ser o ambiente polar
mas é suficientemente bom.
Também, temos paz e sossego,
ninguém inveja o nosso pequeno lago.

CONSTRUÇÕES NAS ÁRVORES
Quando eu era pequeno construí cabanas de árvores nas árvores.
O meu pequeno mundo. Muito acima de todos os problemas.
Vivi como um rei ali, com pães e uma garrafa de água.

VOADORES NOCTURNOS
Eles nasceram no escuro.
Dão à volta à terra todos os dias
com a velocidade da noite.
Como poderiam eles ter conhecido o dia?

PÁSSARO ACIMA DA CIDADE 02
Tudo está tranquilo acima da cidade. Sozinho num pequeno ramo.
Vê todos os que se movem. Tudo o que acontece.
Estou sozinho aqui em cima.
Cultivando as minhas pequenas flores.

PINTOR DE PAISAGENS
É difícil de perceber, mas todos somos pintores de paisagens.
Nós projectamos, formamos e pintamo-las com as nossas cores.
Não podemos começar a criar as nossas fotografias
antes de perceber isto.

Criança PSYCHLING
A pequena criança com a máscara posta.
Tão cheia de verdades de espírito púrpura.
Tão fácil de assustar e moldar.
Viaja através do infinito da infância.

ESCOLHAS DIFÍCEIS
Passamos tanto tempo a escolher.
A esperar.
E não sei.
Não me atrevo.
Escolhe apenas,
sem medo.
Nada demais irá acontecer.
Tu ainda és tu.

ILHA DA CAROCHINHA
Quando a vida pressiona de todos os lados
para a nossa própria pequena casa.
Diz á carochinha para voar para um ramo calmo
bem acima da cidade. Por um pequeno momento.

DIÁLOGO 02
Não te vi, uma criatura sem valor.
Deste-me os teus pensamentos, a tua vida.
Agora vivemos juntos.
Somos igualmente grandes.

PINGUINS DA CASA DE BANHO 02
Para nós, todos os dias é uma festa.
Estamos seguros na nossa paisagem branca polar.
Tomamos banho sempre que queremos.
Até aos Domingos.

VOADORES DO ANOITECER
Todos nós devíamos ter voado de manhã,
mas alguns não são capazes de o fazer.
Eles não são inferiores nem mais fracos, são apenas diferentes.
Eles são voadores do entardecer.

PÁSSARO DA MONTANHA
A estrada para cima é íngreme e sangrenta,
mas com bons ajudantes e com boa fé,
a vida na montanha dos pássaros
é cheia de significado.

FAMÍLIA
Nós ficamos juntos na chuva e no sol.
Quando o clima é demasiado duro
nós puxamos juntos.
Ficamos lá, escudados uns pelos outros.
Os anos passam, mas ainda lá estamos.
Um pouco menos direitos do que antes,
um pouco mais cansados,
mas continuamos unidos
porque somos uma família.

CONVERSAS PROFUNDAS
Conhecemo-nos na estrada.
Na que passa por debaixo da vida de todos os dias.
Ali em baixo descobrimo-nos um ao outro,
em conversas profundas.

PROSCRITO
Cresci no meu jardim.
Fiz as coisas à minha maneira.
Chamavas-me proscrito,
mas tenta mudar a imagem e vê
quem se torna o proscrito!

SONÂMBULO
Dia e noite entrelaçam-se. Tornam um crepúsculo interno.
Criaturas imaginárias, agora reais, misturados com os animais de todos os dias.
O corpo é vermelho e doído, enquanto mil pares de olhos
olham para baixo para ti, a partir do arranha-céus cor-de-rosa.

CASA ABENÇOADA
Quando os dias são tão escuros
não há mais espaço para lágrimas
é quando o sol vem mais uma vez.
quando o calor enche o meu corpo, sinto-me abençoado.
A minha casa está num ramo dourado.

EDUCAÇÃO
Sou velho agora.
Pensei que tudo estava atrás de mim, mas quando me virei e olhei no íntimo
tudo ainda estava vivo,
a minha história, a minha educação.

GUARDA DA SOMBRA
Vivo no sol agora.
Todos os dias são quentes e seguros,
No alto da casa da árvore, vivo a minha vida sossegada.
Tudo se resolveu, quando encontrei o meu guarda da sombra.

PAISAGEM ESTREITA
Nós reclamamos, obtemos demasiado, de menos, demasiado rápido, demasiado tarde.
Mergulhámos na riqueza e abundância
e esquecemos que vivemos
numa paisagem estreita.

CORDAS APERTADAS
Estamos presos nos nossos respectivos barcos.
Trazemos o passado e o futuro connosco.
Montanhas de derrotas, dúvida e fé. Se nos tentarmos levantar, as cordas apertadas vão dividir-nos em pedaços.

GRANDE GUERREIRO
Sou mil vezes mais poderoso que tu.
Esmago uma centena dos teus amigos com a ponta da minha vara.
Ponho o teu país em ruínas, eu chamo-lhe paz.
Sou um grande guerreiro.

BARCO DO AMOR
Nós fazemos planos.
Saltamos para o barco juntos
Esquecemos que não temos remos
e que nos aproximamos de uma queda de água.

ESPECTÁCULO SOLITÁRIO
Nós nascemos, nós actuamos.
No nosso palco representamos a performance da nossa vida.
Para os outros, somos apenas cenário,
é um espectáculo solitário.

PÚLPITO
A sala da Igreja é sossegada e grande.
Pudemos não encontrar Deus ali,
mas se te sentares ali na grande e sossegada sala,
uma voz interior pode lembrar quem és.

ASCENSÃO
A casa permanece ali, tão cheia de
promessas e esperanças, pensamentos de imortalidade.
Subitamente o barco está aqui, com a tua fotografia na vela,
preparado para a ascensão.

PILOTO RÁPIDO
Procuramos equilíbrio e conteúdo.
Pensamos que vivemos, mas somos vividos.
Nas costas do cavalo amarelo somos maiores
do que a paisagem que muitos de nós receamos.
É seguro no cavalo amarelo.

CICLO 01
Os dias passam, semanas, anos, vida.
Um círculo interminável, nascimento e maturidade.
A única coisa em que acredito é na montanha.
Permanece ali, no seu próprio centro calmo.

ENCONTRO HIPNÓTICO
Tu pareces pequeno e irrelevante.
O encontro é surpreendente, subitamente estás em frente a mim.
Eu páro repentinamente,
torna-se um encontro hipnótico.

ONDE OS CORAÇÕES CRESCEM
Andamos no escuro.
Um labirinto sem esperança.
Duas casas estão sob o luar.
Talvez nos vamos encontra na ilha,
onde os corações crescem.

PERESTROIKA
A antiga estrutura está tão cansada e gasta, pede por renovação.
Quando a decidimos abandonar, não o fazemos
até que depois de aterrarmos na nova paisagem vemos
que é exactamente igual à antiga.

ANJO SIMPLES
Os melhores entre nós são tão gozados, humilhados, esmagados.
As pessoas simples do dia-a-dia sofrem em silêncio.
Eles são comidos.
Quando eles morrem, tornam-se anjos. Simplesmente, anjos inocentes.

ÍCONE 01
Uma janela, dourada que reflecte o céu.
O outro lado está sempre claro,
és tu quem tem que parar.
Tornando os teus olhos num ícone e encontrando-te a ti mesmo no outro lado.

ÍCONE 02
Uma janela, dourada que reflecte o céu.
O outro lado está sempre claro,
és tu quem tem que parar.
Tornando os teus olhos num ícone e encontrando-te a ti mesmo no outro lado.

PEIXE MÁSCARA
Quem somos nós, o que significa para ser honesto, sermos nós mesmos.
Quanto mais removermos do ego, mais pequenos ficamos.
Quando as concepções são descascadas, nós contorcemo-nos como peixes escorregadios.
Não podemos trazer a nossa máscara de volta com a rapidez necessária.

AMOR CEGO
O mistério! Como é que sabia que eras tu?
Eu vi-te, mas escolhi cegamente.
Temos um pequeno pedaço do coração um do outro
do qual cresceu uma vida inteira.

O MOMENTO DE LIBERDADE
Tem sido uma luta, tem sido difícil.
Custou mais do que pensava estar disposto a pagar.
A alegria é indescritível, quando eu percebo que terminou.
Quando estou pronto para abrir a minha mão e libertar o pássaro.

TRÊS ÁRVORES A SAIR DE CASA
O sentimento estranho e vazio quando as crianças saem de casa.
Elas criam a sua própria realidade.
A sua própria terra e o seu próprio céu.
Perda, mas também alegria. Pinceladas preocupadas e negras separam o céu.